Blog

O perigo da má alimentação.

09/10/2018 16:30:02

Quando falamos em má alimentação não nos referimos a apenas alimentos não saudáveis, ricos em gordura e sódio. Uma dieta baseada em comidas que são preparadas com alguns suplementos que desequilibram o organismo, também oferecem grandes riscos à saúde. Macarrão instantâneo, chá gelado e outros alimentos que por si só não fariam mal,  quando industrializados recebem uma grande quantidade de substâncias que podem prejudicar o funcionamento correto do organismo.

 

Presente em batatas fritas, isotônicos, fast foods, chás gelados, salgadinhos, bolachas e muitos outros alimentos, o glutamato monossódico, também conhecido como MSG,  é um ingrediente comum utilizado para aumentar o sabor dos alimentos processados, enlatados e congelados.

 

O tempero MSG é derivado do ácido glutâmico, também conhecido como glutamato. Ele é um aminoácido importante encontrado em muitos tipos de alimentos, incluindo cogumelos, carne, peixe, leite e tomate. Suas propriedades naturais, ajudam a melhorar o sabor dos alimentos. O glutamato monossódico, por outro lado, também possui essa característica, no entanto é definido como o sal do ácido glutâmico.  Produzido em larga escala por meio de um processo de fermentação, o MSG é utilizado pela indústria para realçar o sabor de alimentos industrializados.

 

ENTRE O BOM E O RUIM

 
A principal diferença entre o glutamato e o glutamato monossódico está no modo como cada um deles é processado no corpo. O glutamato encontrado nos alimentos naturais é tipicamente ligado a uma longa cadeia de outros aminoácidos, o que faz com que o corpo o quebre lentamente e seja capaz de regular a quantidade de absorção ideal.

 

Já o MSG é produzido por meio de uma forma concentrada de glutamato isolado dos outros aminoácidos, o que faz com que ele seja quebrado muito rapidamente. Sendo assim, o seu nível no sangue cresce instantaneamente, fazendo com que pessoas com sensibilidade sintam os efeitos colaterais - que vão desde dores de cabeça e ganho de peso até pressão alta e ataques de asma.

 

MSG: INIMIGO OU AMIGO

 

O ingrediente é muito controverso, enquanto alguns afirmam que é um aditivo alimentar totalmente seguro, que pode ajudar a melhorar o sabor, minimizar a ingestão de sódio e a perder peso, outros comprovam por meio de estudos que a substância pode ocasionar sérios danos a saúde a longo e curto prazo.

 

Por ser utilizado para realçar o sabor de pratos salgados, o glutamato monossódico diminui a necessidade de sal na comida - o consumo excessivo de sódio é ligado a pressão alta, perda óssea e problemas renais. O MSG também ajuda no controle da saciedade, contribuindo para a perda de pesa em alguns casos.

 

Por outro lado, pesquisas mostram que pessoas especialmente sensíveis aos efeitos do MSG  podem experimentar uma enorme quantidade de efeitos colaterais negativos após consumi-lo, como o rigidez muscular, dormência, fraqueza, rubor e dor de cabeça. Um outro estudo mostrou também que grandes quantidades de glutamato monossódico podem causar danos oxidativos às células e contribuir para a formação de radicais livres. Ganho de peso e aumentos da pressão arterial também são relacionados ao consumo de MSG.

 

ENCONTRE O EQUILÍBRIO

 

Grande parte dos problemas associados ao consumo de MSG está na sua quantidade. Para manter o equilíbrio do organismo é importante consumir alimentos com nutrientes que realmente são necessários para o bom funcionamento do corpo e minimizar o consumo de comidas  industrializadas com aditivos químicos.

 

Para neutralizar os sintomas do MSG, suplementos naturais podem ser ingeridos e uma reeducação alimentar feita para limpar e  reequilibrar o organismo.

 

Conheça os benefícios de alimentos nutritivos e as suplementações certas no site da QuantumBIO.


Faça seu comentário:

País:

Atuação profissional: