Método QuantumBIO

Pensadores e Cientistas

Conheça alguns dos principais cientistas e pensadores cujas teorias foram adaptadas pelo Prof. Inamoto para serem utilizadas dentro do Método QuantumBIO.

Sem exceção, todos esses cientistas foram considerados visionários, e suas teorias, em alguns casos, desacreditadas devido a poderosos interesses econômicos. Recentemente, porém, muitas delas tem ganhado força. Veja a seguir um resumo sobre os trabalhos desses cientistas e tire suas próprias conclusões.

Otto Heinrich Warburg

Descobriu as causas primárias do câncer.

Ganhou um Prêmio Nobel

Bioquímico e fisiologista alemão nascido em Freiburg, Baden, agraciado com o Prêmio Nobel em Fisiologia ou Medicina (1931) pela descoberta da natureza e da ação da enzima respiratória. Filho do físico Emil Warburg, que foi Presidente do Physikalische Reichsanstalt, Wirklicher Geheimer Oberregierungsrat, foi educado em Freiburg. Estudou química com o grande Emil Fischer, com o qual ganhou o grau de doutor em química na Universidade de Berlim (1906) e, depois, o de doutor em medicina na de Heidelberg (1911), sob orientação de Von Krehl. Ele serviu na Guarda de Cavalaria prussiana durante Primeira Guerra Mundial e (1918). Depois da guerra, foi nomeado o professor de Biologia (1913-1970) no Instituto Kaiser Wilhelm, hoje Instituto Max-Planck de Biologia, Berlim-Dahlem, e ficou famoso pelas pesquisas em processos de oxidação em células vivas, particularmente em células do câncer. Criou com sucesso um método de medição da quantidade de oxigênio absorvido por um tecido celular vivo (1923), o que foi de grande importância, mais tarde, para pesquisas em processos de metabolismo de tecido cancerosos. Também tornou-se diretor do Instituto Max Planck Institute de Fisiologia Celular, em Berlim (1931), fundado um ano antes, onde pesquisou sobre a natureza e ação de enzimas envolvendo respiração e fermentação e morreu solteiro em Berlim. Entre outras publicou obras como Stoffwechsel der Tumoren (1926), Katalytische Wirkungen der lebendigen Substanz (1928), Schwermetalle als Wirkungsgruppen von Fermenten (1946), Wasserstoffübertragende Fermente (1948), Mechanism of Photosynthesis (1951), Entstehung der Krebszellen (1955) e Weiterentwicklung der zellphysiologischen Methoden (1962). Entre outros, também foi Foreign Member da Royal Society, London (1934) e sócio das Academias de Ciências de Berlim, Halle, Copenhagen, Roma e India, e doctor honoris causa da Oxford University (1965).