Blog

O néctar da longevidade.

21/07/2017 11:36:11

Saiba porque a Geleia Real pode evitar e corrigir os distúrbios hormonais e revitalizar o poder da fertilidade.

A Geleia Real é um dos mais perfeitos alimentos produzidos pela natureza, a qual a abelha processa de forma imutável num período aproximado de 42 milhões de anos. É um produto da digestão gerada pelas abelhas operárias internas, a partir do pólen das flores transportadas pelas abelhas operárias externas para o interior da colmeia. O pólen é ingerido pelas abelhas operárias internas, é processado pela digestão sendo transformado em Geleia Real, esta por sua vez é excretada por uma glândula existente na cabeça e que vem a ser o alimento exclusivo da abelha rainha. As abelhas operárias alimentam-se de mel que provém do néctar das flores e vive em média 45 dias. A rainha por consumir somente a Geleia Real, cresce aproximadamente três vezes no tamanho e vive cerca de 4 a 5 anos, e ainda, uma vez fecundada pelo zangão reproduz diariamente cerca de 2.000 ovos durante 9 meses. Realmente, a Geleia Real é um alimento poderoso.


APROVEITAMENTO DA GELEIA REAL PELO SER HUMANO


Há cerca de quatro séculos antes de Cristo, Aristóteles já citava a Geleia Real como “a coisa parecida com mel, macia, densa e amarelada”, mas foi em 1952 que Berfufel na França fabricou remédios com Geleia Real, a qual ganhou destaque mundial com o caso do revivescimento do Papa Pio XII. Desde então vários cientistas do mundo todo, vem desenvolvendo estudos na composição e efeitos práticos do produto. Dessas pesquisas resultou o descobrimento de duas substâncias importantes: Homeoparotina, com poder revigorante, e o Ácido 10-Hidroxidecênico, com forte poder antiséptico, bactericida e fungicida e provável anticancerígeno (em pesquisa). Verificou-se também que a Geleia Real encerra no seu conteúdo, aproximadamente 150 componentes e é um alimento extremamente equilibrado e estabilizado. Pela sua importância, os americanos tentaram a sua sintetização, porém após muito investimento não lograram êxito pela dificuldade em estabelecer o equilíbrio quântico dos componentes. Ou seja, ao alimentar a abelha rainha com a geleia suposta sintética, não desenvolvia as suas funções. Assim, mais uma vez, demonstrou-se que a ciência ainda não conseguiu imitar a simplicidade da natureza. Desta forma, a Geleia Real natural é um alimento com propriedades diversas, pois contém na sua essência quase todos os aminoácidos, vitaminas e sais minerais, com adição de elementos especiais, como os ditos anteriormente (Homeoparotina e Ácido 10-Hidroxidecênico), promovendo para os que consomem regularmente, um estado favorável de saúde, evitando a degradação precoce do organismo, ou ainda, a regeneração das funções normalmente degradadas pelos maus hábitos da vida.


AÇÃO DA GELEIA REAL NOS DISTÚRBIOS HORMONAIS


A regularidade funcional do nosso organismo está alicerçada no Sistema Nervoso e no Sistema Endócrino (hormonal). Tanto um como outro, o comando básico está no cérebro. O Sistema Nervoso depende de impulsos elétricos e o Sistema Endócrino, de substâncias produzidas por algumas glândulas, chamadas de hormônios, que são descarregadas na corrente sanguínea e que estes por sua vez, exercem papéis bioquímicos em várias partes do nosso organismo. O Hipotálamo e a Hipófise, entre outras glândulas importantes, são os responsáveis pela regularidade hormonal do nosso organismo. Como a Geleia Real, possui as substâncias essências às funções cerebrais, tem o poder de manter a regularidade funcional das glândulas endócrinas, ou ainda de revitaliza-las, quando consumidas com persistência. Na realidade, como a Geleia Real age nas funções cerebrais como um todo, tem a função de monitorar o organismo de forma geral. Outro grande mérito da Geleia é a ação antioxidante de extrema abrangência, pela qual alguns cientistas atribui o motivo da longevidade da abelha rainha, que pelo fato constante do consumo da Geleia, evita a precocidade do envelhecimento. Também, a Geleia Real como alimento, é grande ativador do GH que é um dos fluídos mais importantes do nosso organismo que atua na renovação celular, também conhecido como hormônio de crescimento. Finalmente, a ação da Geleia Real por evitar a decadência precoce do organismo, evita o distúrbio precoce das funções hormonais e também, tem o poder de regenerar, devolvendo a regularidade na produção hormonal, fazendo desaparecer sintomas como a falta de memória, ansiedade, depressão, indisposição, fadigas, irritações, calorões, etc.


AÇÃO DA GELEIA REAL NOS DISTÚRBIOS DA OBESIDADE


Normalmente a obesidade é um distúrbio de conotação genética, desencadeada pela disfunção endócrina. Portanto o problema é hormonal e sendo hormonal tem a ver com o desequilíbrio entre a hipófise e a tireoide. Muitas vezes, nos exames clínicos da tireoide ou da hipófise mesmo apresentando na faixa de normalidade, pode-se apresentar desequilíbrio entre os níveis de T3 e T4 da tireoide e TSH da hipófise, já que este por sua vez, é um hormônio retro-alimentador do T3 e T4. O distúrbio normalmente inicia na hipófise em consequência da decadência cerebral. A solução definitiva da maioria dos casos da obesidade é equilibrar o metabolismo, otimizando as funções da tireoide pela recuperação da hipófise. Neste aspecto, a Geleia Real, associada a otimização dos fatores funcionais dos sistemas digestivo, hepático e circulatório, reduzindo o nível de toxinas e mudança dos hábitos alimentares, tem sido o caminho lógico e definitivo de uma vida saudável sem a obesidade.


GELEIA REAL E OUTROS BENEFÍCIOS


A grande vantagem do consumo regular da Geleia Real está no benefício geral do organismo, portanto, prevenindo diversos desconfortos patológicos que normalmente surgem após os 40 anos de idade em ambos os sexos. Verifique algumas das substâncias contidas na Geleia Real e os seus benefícios no organismo humano:




IMPORTANTE! Ao adquirir a Geleia Real, verifique a sua origem e de preferência exija o Certificado de Garantia. (Não compre Geleia Real misturada com mel para fins terapêuticos).


Faça seu comentário:

País:

Atuação profissional: