Blog

Uma boa saúde começa pelo intestino. Mas não depende só dele.

21/07/2017 14:49:32

Uma boa saúde começa pelo intestino. Mas não depende só dele.

Você já deve ter ouvido falar que a saúde depende de uma boa digestão. Saiba agora como ela é apenas uma parte de uma engrenagem muito mais complexa e descubra formas naturais de preservar sua saúde.


O ser humano se diferencia de outros animais pela sua capacidade de inteligência, criatividade e consciência de sua própria existência. No entanto, a vida moderna trouxe imposições e rotinas que entram em conflito com sua natureza básica, desequilibrando assim sua saúde. Dessa forma, a harmonia vital regida pelos sistemas nervoso e endócrino se desestabiliza, resultando na quebra da sinfonia orgânica responsável pela manutenção da saúde. Como conseqüência, surge a maioria das patologias humanas, em especial aquelas de fundo crônico-degenerativo, cada vez mais presentes em nossos tempos. Como forma de evitar esses desconfortos, tão comuns nos dias de hoje, é preciso minimizar a incidência de fatores negativos à saúde e adotar um novo estilo de vida, colocando o ser humano de volta em maior harmonia com a natureza.


Quais são as características funcionais e normais do organismo?      
      

Dentro desse processo de busca pela saúde através da prevenção, o sistema digestório exerce um papel muito importante. Atitudes como se alimentar adequadamente, respirar corretamente e consumir água na quantidade ideal significam atender às necessidades básicas e nutricionais do nosso organismo. Neste aspecto, principalmente os sistemas orgânicos envolvidos nos processos digestivo, hepático e circulatório devem estar em perfeita funcionalidade, permitindo o bom processamento orgânico. Assim sendo, é importante ressaltar que a desarmonia do processo funcional do organismo é a fonte básica causadora da degradação precoce do ser humano. Quando isto acontece, começamos ter dificuldades para nos movermos, agirmos e raciocinarmos corretamente.


Como os hábitos, costumes e a miscigenação impactam na saúde?

O homem, na sua primitividade de aproximadamente 30.000 anos, tinha características orgânicas coletivas similares em função dos mesmos costumes, hábitos e estilo de vida, convivendo instintivamente mais com a natureza. Com o incremento populacional e em conseqüência da escassez da alimentação, ou ainda, ocasionados por conflitos sociais, os povos começaram a migrar para outras regiões.  No mundo social da atualidade, é muito difícil uma pessoa cuidar das suas necessidades essenciais de forma correta, pois não existe um modelo único para todos. Porém, dentro da miscigenação das raças e costumes, podemos traçar alguns aspectos básicos do organismo humano baseadas nas regras do higienismo. São elas:


  • Consumir pelo menos 70% dos alimentos na forma crua.
  • Mastigar bem e não comer em excesso.
  • Evitar alimentos e procedimentos que produzam toxinas.
  • Combinar corretamente os alimentos, evitando a incompatibilidade digestiva, principalmente no que se refere a ingesta simultânea de proteínas e carboidratos na mesma proporção.
  • Respeitar as fases do Ciclo Digestivo, ou seja:
  • Período de ingestão (aprox. das 12:00h às 20:00h);
  • Período de assimilação (aprox. das 20:00h às 04:00h);
  • Período de eliminação (aprox. das 04:00h às 12:00h).

Uma máquina complexa: qual é a interdependência de nutrientes e suas funções na saúde?


Segundo o bioquímico Roger J. Wylliams, conhecido como o papa da bioquímica, o nosso organismo depende da interação de 16 vitaminas, 20 minerais e 8 aminoácidos essenciais. A falta de um desses nutrientes, qualquer que seja, causa uma deficiência funcional muitas vezes assintomática. A soma das deficiências tende a levar a situações sintomáticas notáveis e estas, por sua vez, às patologias. No entanto, a medicina que nós conhecemos define a saúde como “ausência de doenças”,  portanto, sem sintomas.


Muitas vezes nos deparamos com pessoas constantemente cansadas e sem disposição, outras com constantes dores de cabeça, algumas com dificuldades de concentração ou problemas digestivos. Estas pessoas normalmente são submetidas a alguns exames clínicos e são consideradas relativamente saudáveis com algum tipo de estresse, pois o colesterol, a glicose e a pressão arterial estão em níveis aceitáveis. É bom lembrar que níveis aceitáveis com indisposição já é sinônimo de desequilíbrio, e desequilíbrio é resultante de carências nutricionais, seja por conseqüência do metabolismo ou da ingesta.


Ter saúde é ter energia constante, clareza mental, estar livre de infecções, ter resistência ao estresse, ter equilíbrio emocional, unhas, cabelos e pele saudáveis e disposição física. O nosso organismo requer todos os nutrientes para que haja harmonia funcional.


Como garantir a nutrição ideal e conquistar a saúde?

No mundo de hoje, em vista da qualidade dos alimentos e do estilo de vida, é muito difícil atender a necessidade orgânica sem a adoção de uma postura pró-ativa e consciente que busque a saúde total, evitando assim distúrbios futuros. O maior problema da humanidade não é a falta de alimentos, e sim o consumo desordenado sem critérios. Os maus hábitos matam muito mais que a fome. E a fome silenciosa e oculta, que é a falta de nutrientes, é a maior responsável pela degradação orgânica da humanidade.


Passos básicos para conquista de uma saúde global

Uma guia simples e prático, para você adotar no seu dia-a-dia. Veja o passo a passo e transforme seus hábitos antes que seja tarde:


  • Primeiro passo: Escolher um bom profissional para monitorar a sua saúde.
  • Segundo passo: Verificação clínica da presença de metais tóxicos e parasitas indesejáveis.
  • Terceiro passo: Verificação do desempenho funcional do processo digestivo, hepático e circulatório.
  • Quarto passo: Realização de um programa de desintoxicação orgânica, objetivando eliminar toxinas acumuladas em função do desequilíbrio do metabolismo.
  • Quinto passo: Otimização dos hábitos alimentares associados à suplementação nutricional, a fim de melhorar o processo funcional do organismo.
  • Sexto passo: Conjuntamente ao processo funcional do organismo, adoção de uma suplementação voltada à regeneração do processo neuro-endócrino, a fim de restabelecer o sistema nervoso.

Veja o quadro a seguir e conheça alguns suplementos naturais, ricos naquilo que é essencial para sua saúde:


Suplemento

Origem

Características e Ação

·        Levedo de Cerveja

Cogumelo unicelular.

Contém vitaminas do Complexo B, rico em Zinco, Cromo, Selênio, Cobre, etc.

·        Chlorella

Alga unicelular de água doce. É uma das primeiras formas de vida a surgir no Planeta Terra.

Age na produção do hormônio de crescimento, é alcalinizante, desintoxica metais tóxicos e toxinas em geral. É rica em nutrientes. Contém  Clorofila, Magnésio, Ferro, Ácido Fólico, etc.

·        Alimentos Fermentados

Frutas, Legumes, verduras e cereais fermentados, milenarmente utilizados pelas civilizações antigas.

São coadjuvantes na ação vital das enzimas, agindo como prebióticos, probióticos e simbióticos no processamento eficaz de nutrientes.

·        Geléia Real

Produzida pelas abelhas operárias internas. Alimento exclusivo da abelha rainha.

Alimento rico em substâncias

neuro-transmissoras e é um excelente regenerador cerebral natural.

·        Lecitina de soja

Extraída da soja orgânica, isento de proteína ou da hemaglutinina.

Dispersora de gorduras da corrente sanguínea e tem ação hepatoprotetora, por conter colina. Otimiza a circulação sanguínea.

·        Óleo de peixe de águas frias.

    (Omega 3)

Peixe de águas marinhas  de zonas profundas.

Contém Omega 3, Epa, DHA, vitamina A e D. Evita trombose, infartos, melhora a visão e a memória, e juntamente com cálcio, evita osteoporose. Minimiza dores articulares e fatores alérgicos.

·        Óleo de Prímula ou de Linhaça

Extraída a frio da semente de Prímula ou de Linhaça Dourada.

Age nas disfunções hormonais da mulher e do homem. Eficaz na TPM, desconfortos do climatério e da menopausa.


Faça seu comentário:

País:

Atuação profissional: