Blog

Conheça 4 práticas para ter um estilo de vida saudável

11/11/2019 10:12:36

A expectativa de vida no Brasil deu um salto significativo nos últimos 100 anos. Em 1900 a expectativa de vida era de pouco mais de 33 anos, atingindo, em 2014, 75,4 anos. Se repetir o mesmo feito no próximo século, poderemos viver até os 120 anos. Em contrapartida, as doenças crônicas e degenerativas, tais como câncer, diabete, doenças, cardiovasculares e pulmonares, já respondem por 74% das mortes, no Brasil. E 70% dos idosos possuem pelo menos uma patologia crônica. Estamos vivendo mais, mas mais doentes do que antes!

E será que é possível reverter este caminho? Certamente, não conseguimos interromper a queda, mas podemos diminuir sua velocidade. E o instrumento mais importante para isto está ligado ao Estilo de vida. A medicina do futuro deverá privilegiar a informação, mas mais do que isto, dar poder aos indivíduos para que tomem as rédeas de sua vida. Se está disposto a enfrentar este desafio, conheça 4 práticas para um estilo de vida mais saudável:


1. Alimentação saudável

Uma boa alimentação está relacionada ao aporte dos nutrientes e substâncias necessários ao nosso organismo, que favorecem a nossa saúde e contribuem para o bom funcionamento dos órgãos ou até no combate de doenças. A alimentação saudável vai muito além de comer arroz, feijão, carne, alface e tomate. É preciso ter:

• Variedade e rodízio de alimentos;
• Diversas cores;
• Harmonia entre qualidade e quantidade;
• Uso de temperos e especiarias;
• Priorizar alimentos orgânicos regionais e da época;
• Segurança alimentar (evitar contaminação física, química ou biológica);
• Consumo adequado de água.


2. Atividade física

A prática de atividade física regular controla o estresse, foca a mente, aumenta a massa muscular, faz o coração funcionar melhor, fortalece os ossos e articulações, queima calorias e controla a gordura corporal, melhora a circulação, a coordenação motora e a flexibilidade,  favorece o sono reparador, afasta a depressão e a ansiedade, e nos enche de disposição e energia.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda 150 minutos semanais de atividade física leve ou moderada.

A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) mostrou que um a cada dois adultos não pratica o nível de atividade física recomendado pela OMS. Além disso, as pessoas sedentárias têm de 20% a 30% mais risco de morte por doenças crônicas do que as pessoas que realizam pelo menos 30 minutos de atividade física moderada, cinco vezes por semana.

Dicas para sair do sedentarismo:

• Procure uma atividade física que lhe agrade e seja adequada para você;
• Firme esse compromisso com você mesmo;
• Pratique atividade física perto de casa não exigindo grandes deslocamentos, o que ajuda na manutenção desse hábito;
• Comece com uma atividade que não exige alto preparo físico;
• Se for idoso ou tiver alguma doença crônica, procure um médico e faça exames antes de iniciar.

 

3. Sono

Durante o sono produzimos a melatonina, um hormônio responsável por regular o sono, mas também com elevado poder antioxidante, e que participa da reparação das nossas células, cotidianamente expostas ao estresse, poluição e inúmeros outros elementos nocivos. Ela auxilia no combate aos radicais livres em excesso que agridem o organismo. Um sono reparador, previne o câncer, depressão, ansiedade, envelhecimento precoce e obesidade!

Dicas para uma boa noite de sono:

• Mantenha uma rotina de horário de sono e de alimentação;
• Coma a noite uma refeição leve, e no mínimo, 2 horas antes de se deitar;
• Tome um banho morno e um chá relaxante (camomila, cidreira) e evite cafeína após a 16h;
• Deixe o quarto mais o escuro possível (necessário para produzir a melatonina), evite luzes de led dos equipamentos, brilho de telas de celulares, computador, TV etc.;
• Deixe o ambiente tranquilo, sem barulhos.

 

4. Mente saudável

Pensamentos e emoções afetam de forma considerável o bem-estar físico. Ter a mente saudável reflete positivamente em diversos aspectos da nossa vida. Desde o nosso dia-a-dia, até nossas relações sociais, incluindo família e trabalho.

Manter o equilíbrio exige esforço e força de vontade, por isso é preciso consciência e vigilância diária. Algumas dicas podem ajudar:

• Aceite as diferenças, isso evita conflitos desnecessários;
• Aceite que não pode controlar tudo;
• Mantenha sempre uma atitude positiva. Evite reclamar e aproveite o momento presente;
• Seja generoso e tolerante (com o próximo e com você mesmo);
• Tire um tempo do dia para fazer algo que lhe deixe feliz e faça alguma prática de relaxamento (como meditação);
• Tenha fé, acredite em algo, cultive a espiritualidade.

Estas são algumas atitudes que impactam nossa maneira de viver. Nos torna responsáveis por nossas escolhas e nos dão algo maravilhoso: O PODER DE MUDAR!

Desejo a você uma vida longa e saudável.


Luciana Machado
Nutrição Funcional Integrativa


Faça seu comentário:

País:

Atuação profissional: