Blog

Anamnese: saiba como cuidar da saúde escutando o que seu corpo diz.

02/07/2018 14:45:37

Anamnese é um tipo de questionário usado por profissionais da saúde para identificar doenças com base no histórico familiar e corporal do paciente. O próprio nome da técnica já traduz o seu significado: ana tem origem grega e significa trazer e mnesis também de origem grega, significa memória. A anamnese portanto, traz à memória o histórico do paciente por meio de perguntas sobre seus hábitos, suas queixas e doenças.


A técnica é baseada nas pesquisas do Dr. Jacques Ménétrier, que durante 40 anos analisou a relação entre os fatores genéticos e comportamentais e como estes poderiam ajudar a antever uma doença  Dessa forma, as patologias podem ser identificadas sem a utilização de meios clínicos complexos.


O questionário apresenta diferentes perguntas sobre o comportamento, histórico, queixas, personalidade e outras características das pessoas. Dessa forma ele estuda o passado e o presente para prever doenças que podem ser um incômodo no futuro. O questionário consegue levantar cerca de 70% a 80% das informações necessárias sobre o paciente. Os outros 30% a 20% são descobertos por meio de exames laboratoriais e consultas clínicas.

 

O Prof. Kunio Inamoto, presidente e fundador da QuantumBIO, adaptou os conceitos de Ménétrier e desenvolveu uma versão própria de anamnese, a qual deu o nome de Anamnese OrtoBiomolecular. O mérito do Prof. Inamoto foi ter simplificado o questionário, permitindo ao profissional de saúde maior agilidade no momento de efetivar a análise. A seguir, conheça mais sobre a Anamnese OrtoBiomolecular utilizada no Método QuantumBIO.


COMO FUNCIONA A ANAMNESE ORTOBIOMOLECULAR


As perguntas são divididas em blocos para melhor diagnosticar a origem dos problemas. Cada profissional de saúde pode adaptar os questionamentos de acordo com sua área e técnica. Para identificar a origem de algum problema nas áreas listadas, podem ser feitas as seguintes perguntas:


  • Pâncreas:


O cansaço é frequente?

Pouca energia pela manhã?

O cansaço aumenta no dia?

Vence a indisposição?

Sem energia após o almoço?


Essas perguntas vão analisar o estado físico das pessoas. Quanto maior for o número de respostas positivas neste bloco, maior a probabilidade do paciente apresentar males relacionados com metabolismo lento. Normalmente essas pessoas têm  o pâncreas lento e desenvolvem facilmente problemas de Diabete 2 no avançar da idade e têm forte tendência a obesidade.


  • Atividade cerebral:


Falhas memória?

Se forçar a memória piora?

Tenho pouca paciência?

Má concentração / Confusão.


Uma falha no desempenho neurológico pode ser percebida com apenas uma marcação positiva nessas perguntas. Quando o cérebro debilita, comprova a queda no desempenho da visão, do hipocampo, do hipotálamo, hipófise, tireóide, etc., gerando um desequilíbrio do metabolismo como um todo.


  • Natureza


É enérgico e ativo?

Ou mais ou menos enérgico?

É positivo e otimista?

Pessimista com ansiedade?

Pessimista e depressivo?

Considera-se distraído?


Essas perguntas mapeiam o modo como a pessoa interage no meio social. Quanto mais respostas positivas, mais significa que o paciente é ativo e socialmente comprometido. Entretanto, esse perfil  também representa pessoas que deixam em segundo plano as suas necessidades básicas, principalmente no ato da alimentação (comem depressa), não tomam água regularmente, privam-se da necessidade fisiológica até o limite, não repousam direito e estressam-se com facilidade. Pessoas desta natureza e temperamento são fortes candidatos a desenvolver problemas de ordem cardiovascular.


  • Temperamento


É calmo e ponderado?

É nervoso e impulsivo?

É nervoso com ansiedade?

É apático e confuso?

Muda muito de atitude?


Estas perguntas mostram a configuração emocional da pessoa, que por sua vez, justifica a característica do comportamento endócrino. Quanto maior o número de marcações, maior é a fragilidade emocional, mostrando assim maiores possibilidades em desenvolver distúrbios hormonais.


  • Sono


Você dorme bem?

Dormiria mais se pudesse?

Dorme com ansiedade?

Tem pesadelos à noite?

Tem dificuldade de dormir?

Tem sonolência de dia?


Tudo o que se refere ao sono tem ligação direta com o processo hepático, portanto,  quanto maior o número de marcações positivas neste bloco de perguntas, maior a probabilidade da pessoa de ter lentidão no desempenho hepático.


  • Vesícula


Tem dores de cabeça ?

Tem vômitos frequentes?

Tem problemas de visão?

Tem zumbido no ouvido?

Tem tonturas ou vertigens?


Normalmente o distúrbio da vesícula tem ligação com o desequilíbrio da hipófise que monitora a colecistoquinina, o hormônio que libera a bile concentrada da vesícula para o duodeno, que ajuda  na digestão das gorduras. A digestão da gordura é essencial para a produção de energia no corpo. Assim, respostas positivas podem representar o mau funcionamento dessa parte do organismo.


  • Digestão


Sente pouco apetite?

Tem prisão de ventre?

A digestão é difícil?

Tem gases ou flatulências?


A atividade intestinal tem correlação com o relógio biológico e este com o processo endócrino. Já o sistema digestivo, necessita de enzimas para funcionar corretamente. Portanto, quanto maior o número de marcações neste bloco de perguntas, maior a chance do paciente apresentar distúrbios enzimáticos e hormonais.


  • Circulatório


Tem variação de pressão?

Tem sinais de varizes?

Pernas / tornozelos incham?

Costuma ter câimbras?

Pés ou mãos frios?

Acorda para urinar a noite?



Uma das funções do hipotálamo é o controle da pressão arterial. Hipotálamo e hipófise têm atuações conjuntas e exercem influências em todo processo hormonal. A disfunção da hipófise gera distúrbio da tireóide, e esta por sua vez o desequilíbrio do metabolismo. Na maioria dos casos, o distúrbio do metabolismo gera o acúmulo de gorduras nas artérias prejudicando o processo cardiovascular. Portanto, quanto maior o número de marcações significa prejuízo na circulação sanguínea.


  • Respiratório / Imunológico


Dores nas articulações?

Tem doenças de pele?

Tem alergias de contato?

As unhas são frágeis?

Tem queda de cabelos?


O processo de oxigenação tem papel importante no mérito linfático e imunológico. Portanto, problemas no sistema respiratório podem aparecer em forma de baixa imunidade e resistência. Sendo assim, o maior número de respostas positivas nesse bloco pode representar deficiências nesses sistemas.


TRATAMENTOS


Com todas essas informações na mão, o profissional de saúde pode encaminhar o paciente para outros exames. Mas caso a anamnese já indique um problema claro em algum sistema específico, é possível começar o tratamento por meio da alimentação e mudanças de hábitos que melhorem o funcionamento do organismo.


A QuantumBIO oferece um tratamento eficaz para cada problema analisado nessa etapa de análise. Conheça melhor o método aqui.


Faça seu comentário:

País:

Atuação profissional: