Blog

Terapia funcional: previna doenças por meio da ingestão dos nutrientes certos.

14/05/2018 17:38:41

De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), órgão vinculado à ONU, publicado em 2017, doenças respiratórias crônicas, cardiovasculares, cânceres e diabetes matam, anualmente, 15 milhões de pessoas entre 30 e 70 anos. Esses males não são transmissíveis e sua origem, muitas vezes, está no estilo de vida das pessoas. 


A má alimentação, consumo excessivo de álcool e cigarros, falta de exercícios físicos e uma rotina estressante podem ser as causas, ou os agravantes, dessas doenças crônicas.  Nesse caso, ninguém está a salvo. Junto com uma série de atitudes, como manter uma vida mais saudável e desintoxicar o organismo, a terapia funcional pode ajudar quem quer mudar de rumo.

 

MAS AFINAL, O QUE É TERAPIA FUNCIONAL?

 

Existem muitos passos para se encontrar um equilíbrio biofísico que resulte em uma vida saudável. O primeiro deles é saber onde estão os maiores problemas no organismo de cada pessoa e a causa deles. Depois, é importante que seja feita uma desintoxicação do corpo, identificando e tratando desequilíbrios. É então que entra a terapia funcional, que por meio da melhoria dos hábitos alimentares e suplementação nutricional, ajuda o organismo a funcionar da maneira correta.

 

Conheça alguns objetivos dessa terapia:

 

  • Melhorar o metabolismo dos carboidratos

A quebra de carboidratos gera energia para o nosso corpo, mas o acúmulo deste nutriente contribui para o aumento de gordura. Por isso, é importante a ingestão de quantidades adequadas de carboidratos e a sua correta metabolização. Isso acarreta em mais energia para o organismo, otimizando a função energética do processo digestório.

 

  • Facilitar o metabolismo dos lipídios

Os lipídios têm a forma, geralmente, de triglicerídeos. Quando o corpo está precisando de energia metabólica, é promovida a liberação destes triglicerídeos para convertê-los em ácidos graxos livres, que por sua vez são oxidados para produzir energia. Com a ingestão dos nutrientes corretos, essa função é facilitada gerando mais energia para o corpo.

 

  • Ativar energeticamente a digestão e a função intestinal

O consumo de alimentos que facilitam a digestão e a auxiliam a função intestinal é importante para eliminar as toxinas que são produzidas nesses processos. O acúmulo destas acarreta numa intoxicação do corpo que pode se desenvolver em formato de doenças. O consumo de fibras, por exemplo, é importante para ajudar na digestão do alimento e na liberação dos resíduos que este produz e que não são aproveitados pelo organismo.

 

  •  Melhorar energeticamente o processo circulatório 

O sistema circulatório é essencial para levar nutrientes e oxigênio para as células.  Mas para exercer sua função, ele precisa da ajuda de alguns nutrientes. O ferro, por exemplo, é fundamental para o transporte do oxigênio. Uma alimentação pobre em ferro deixa o organismo mais lento e com suas funções prejudicadas. Por isso a ingestão de alimentos como feijão e couve são importantes para uma dieta balanceada.

 

REGULARIZAÇÃO DE ENERGIA

 

Além dos benefícios por meio da ingestão de nutrientes corretos, a terapia funcional ajuda no equilíbrio de energias para ajuda a diminuir os níveis de estresse e os problemas derivados desse mal - como a diminuição da imunidade e o cansaço frequente; a melhorar a qualidade do sono - ajudando o organismo a trabalhar da forma correta durante a noite, possibilitando maior descanso do corpo; e ajudando no sistema imunológico, que é responsável por evitar doenças, por meio da ingestão de alimentos e suplementos corretos para esse fim.

 

O Método QuantumBIO utiliza os passos descritos - identificação de desequilíbrios, desintoxicação e terapia funcional - para manter o equilíbrio biofísico e da energia quântica do indivíduo, auxiliando na manutenção de uma vida mais saudável e no combate a doenças crônicas. Após esses passos, a metodologia ainda prevê a terapia regenerativa, mas isso é assunto para outro texto. Conheça mais sobre o Método QuantumBIO.

 

Referências:

http://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5495:governos-devem-intensificar-esforcos-para-o-combate-as-doencas-cronicas-nao-transmissiveis-alerta-oms&Itemid=839

http://www.minhavida.com.br/alimentacao/listas/15186-nove-alimentos-que-ajudam-na-digestao

https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/idiomas/metabolismo-de-lipidios/57667


Faça seu comentário:

País:

Atuação profissional: