Blog

Uma boa saúde começa pelo intestino. Mas não depende só dele.

21/07/2017 18:21:07

Você provavelmente já ouviu falar que a saúde depende de uma boa digestão. Entretanto, sua digestão é apenas parte de uma engrenagem bastante complexa. 
Neste artigo, saiba mais sobre outros processos do organismo e descubra formas naturais de preservar sua saúde.


O homem se diferencia dos outros animais pela sua inteligência, criatividade e consciência de sua própria existência. No entanto, a vida moderna trouxe imposições e rotinas que entraram em conflito com sua natureza básica, desequilibrando assim sua saúde. Por isso, a harmonia vital regida pelos sistemas nervoso e endócrino se desestabiliza, resultando na quebra da sinfonia orgânica responsável pela manutenção da saúde. Como conseqüência, surge a maioria das patologias humanas, em especial aquelas de fundo crônico-degenerativo, cada vez mais presentes em nossos tempos. Como forma de evitar esses desconfortos, tão comuns nos dias de hoje, é preciso minimizar a incidência de fatores negativos à saúde e adotar um novo estilo de vida, que reintegre e harmonize o ser humano à natureza.


QUAIS SÃO AS CARACTERÍSTICAS FUNCIONAIS E NORMAIS DO ORGANISMO?


Dentro do processo de busca pela saúde através da prevenção, o sistema digestório exerce um papel muito importante. Atitudes como se alimentar adequadamente, respirar corretamente e consumir água na quantidade ideal, significam atender às necessidades básicas e nutricionais do nosso organismo. Nesse aspecto, principalmente os sistemas orgânicos envolvidos nos processos digestivo, hepático e circulatório devem estar em perfeita funcionalidade, permitindo um ótimo funcionamento orgânico. Assim sendo, é importante ressaltar que a desarmonia do processo funcional do organismo é a fonte básica, causadora da degradação precoce do ser humano. Quando isso acontece, começamos ter dificuldades para nos movimentar, agir e raciocinar corretamente.


COMO OS HÁBITOS, COSTUMES E A MISCIGENAÇÃO RACIAL IMPACTAM NA SAÚDE?


O homem há cerca de 30.000 anos, na sua primitividade, apresentava características orgânicas coletivas similares em função dos mesmos costumes, hábitos e estilo de vida, convivendo de forma harmônica e instintiva com a natureza. Devido ao aumento populacional, em consequência da escassez de alimentos, ou ainda, por causa de conflitos sociais, os povos tiveram que migrar para outras regiões, modificando assim seu estilo de vida original. No mundo social da atualidade, é muito difícil uma pessoa cuidar das suas necessidades essenciais de forma correta, pois não existe um modelo único para todos. Porém, dentro da miscigenação das raças e costumes, podemos traçar alguns aspectos básicos do organismo humano baseados nas regras do higienismo, listadas a seguir.


  • Consumir pelo menos 70% dos alimentos na forma crua.
  • Mastigar bem e não comer em excesso.
  • Evitar alimentos e procedimentos que produzam toxinas.
  • Combinar corretamente os alimentos, evitando a incompatibilidade digestiva, principalmente no que se refere a ingestão simultânea de proteínas e carboidratos na mesma proporção.
  • Respeitar as fases do Ciclo Digestivo, ou seja: 

- Período de ingestão (aprox. das 12:00h às 20:00h);

- Período de assimilação (aprox. das 20:00h às 04:00h); 

- Período de eliminação (aprox. das 04:00h às 12:00h).


UMA MÁQUINA COMPLEXA: QUAL É A INTERDEPENDÊNCIA DE NUTRIENTES E SUAS FUNÇÕES NA SAÚDE?


Segundo o bioquímico Roger J. Wylliams, professor e autor renomado, nosso organismo depende da interação de 16 vitaminas, 20 minerais e 8 aminoácidos essenciais. A falta de um desses nutrientes, qualquer que seja, causa uma deficiência funcional muitas vezes assintomática. A soma das deficiências tende a provocar a situações sintomáticas notáveis e estas, por sua vez, às patologias. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, “Saúde” é um estado de bem estar pleno, nos aspectos físicos, mentais e sociais, e não somente a ausência de uma doença. Sob esse ponto de vista, é errado considerar que um indivíduo sadio é aquele que não está doente ou que não apresenta os sintomas da enfermidade.


Muitas vezes nos deparamos com pessoas frequentemente cansadas e sem disposição, outras com constantes dores de cabeça, algumas com dificuldades de concentração ou problemas digestivos. Essas pessoas normalmente são submetidas a alguns exames clínicos e, em geral, são consideradas relativamente saudáveis com algum tipo de estresse, pois o colesterol, a glicose e a pressão arterial estão em níveis aceitáveis. É bom lembrar que níveis aceitáveis com algumas indisposições já podem significar desequilíbrio, o qual pode ser resultante de carências nutricionais, seja por conseqüência do metabolismo ou do que foi ingerido e processado pelo organismo.


Ter saúde é ter energia constante, clareza mental, estar livre de infecções, ter resistência ao estresse, ter equilíbrio emocional, unhas, cabelos e pele saudáveis e disposição física. O nosso organismo requer todos os nutrientes necessários para que haja harmonia funcional.


COMO GARANTIR A NUTRIÇÃO IDEAL E CONQUISTAR A SAÚDE?


No mundo de hoje, em vista da qualidade dos alimentos e do estilo de vida, é muito difícil atender as necessidades orgânicas sem a adoção de uma postura proativa e consciente que busque a saúde total, evitando assim distúrbios futuros. O maior problema da humanidade não é a falta de alimentos, mas sim o consumo desordenado e sem critérios. A fome mata, e é um problema seríssimo, mas os maus hábitos alimentares vitimizam silenciosamente milhares de pessoas no planeta. A falta de nutrientes, uma fome silenciosa e oculta, é uma das maiores responsáveis pela degradação orgânica da humanidade.  


PASSOS BÁSICOS PARA CONQUISTA DE UMA SAÚDE GLOBAL


Uma guia simples e prático, para você adotar no seu dia-a-dia. Veja o passo a passo e transforme seus hábitos antes que seja tarde:


  • Primeiro passo: Escolher um bom profissional para monitorar a sua saúde.
  • Segundo passo: Verificação clínica da presença de metais tóxicos e parasitas indesejáveis.
  • Terceiro passo: Verificação do desempenho funcional do processo digestivo, hepático e circulatório.
  • Quarto passo: Realização de um programa de desintoxicação orgânica, objetivando eliminar toxinas acumuladas em função do desequilíbrio do metabolismo.
  • Quinto passo: Otimização dos hábitos alimentares associados à suplementação nutricional, a fim de melhorar o processo funcional do organismo.
  • Sexto passo: Conjuntamente ao processo funcional do organismo, adoção de uma suplementação voltada à regeneração do processo neuro-endócrino, a fim de restabelecer o sistema nervoso. 

Veja o quadro a seguir e conheça alguns suplementos naturais, ricos naquilo que é essencial para sua saúde: